sexta-feira, 24 de janeiro de 2014

TRATAMENTO DA FUMAÇA DO CARVÃO MINERAL

TRATAMENTO DA FUMAÇA DO CARVÃO MINERAL
GERAÇÃO DE ENERGIA EM CENTRAIS TERMOELETRICAS A CARVÃO MINERAL

Srs.
Vi hoje no SITETE INOVAÇÃO TECNOLOGICA a seguinte manchete “O CARVÃO DEVE SUPERAR PETROLEO NA MATRIZ ENERGICA GLOBAL”.
Nesse contex...to sabemos da importância da matriz enérgica para o desenvolvimento nessa mesma adjetivação também global aqui no Brasil entra cena nossos recursos para GERAÇÃO DE ENERGIA ELÉTRICA já que nossa energia é predominante de HIDROELETRICAS hora de vexame caso não chover o suficiente para que os reservatórios alcancem seus níveis seguro operacionais de geração energia elétrica.

Então e aí que entra em cena personagem que não é muito conhecido para “nós brasileiros”, mas que na Europa e muitos outros continentes do mundo de escassos recursos hídricos é muito utilizada: A TERMOELETRICA. E mas precisamente aqui no estado do CEARÁ onde também somos desprovidos de recursos hídricos frente ao cenário nacional temos uma matriz enérgica promissora, é preciso que se diga isso, já funciona uma das três Centrais Térmicas da UTE – ENERGIA PECEM instaladas estrategicamente no COMPLEXO PORTUARIO PORTO DO PECÉM lembrando que a presença que a das centrais térmicas funcionando é garantia de também funcionamento da REFINARIA e das SIDERURGICAS já em procedimentos de instalação aqui no estado nos municípios de SÃO GONÇALO DO AMARANTE CE e CAUCAIA CE.

Esclareço que só será possível as TERMOELETRICAS funcionarem se houver o suprimento de CARVÃO MINERAL, sei da logística montada para transporte desse carvão da Columbia até o PORTO DO PECÉM, acredito que garantirão o suprimento do carvão necessário a geração de energia elétrica que foi projetada cada central térmica conforme balanço térmico, é bom que se esclareça também que precisaremos de muito carvão, basta que se diga a caldeira de uma Central Térmica aonde haverá a combustão do carvão precisará de um consumo de carvão de aproximadamente 129 toneladas/hora quando alcança a BMCR [Taxa de Vaporização Máxima] para o vapor alcançar a temperatura de [541°C e uma pressão de 172Bar] para rodar a turbina e consequentemente gerando uma demanda de [360MW, 19KV x 230KV, 60HZ], mas fato é que precisamos dessa energia que tem como fonte básica o CARVÃO MINERAL como suporte de nosso desenvolvimento industrial.

Esclareço também que hoje a TECNOLOGIA DE GERAÇÃO DE ENERGIA APARTIR DO CARVÃO É AMPLAMENTE DOMINADA e atende a exigentes órgãos ambientais de preservação do meio ambiente. Os subprodutos gerados pela combustão do carvão: SO2, NO2, NO, CO2, CO e particulados são retidos já no processo industrial da produção energia, através de tecnologias especiais de acreditação internacional de preservação do meio ambiente que tratam a “fumaça da queima do carvão” que para quem queira se aprofundar no assunto são as tecnologias: FGD, OFA, BOFA e SCR onde a fumaça passa por tratamentos chegando a ser aproveitada nesse processo para promover a produção do gesso e já em alguns países cito Portugal já se utiliza subprodutos do residual da queima carvão como componente inserido na construção de pista de asfalto.

Então a aplicação e funcionamento dessas tecnologias especiais de tratamento da fumaça existem para fazer da produção de energia do carvão mineral uma energia limpa, confirmando que na saída da fumaça tratada na chaminé os parâmetros citados de poluentes não venham agredir a natureza, observando-se que esses parâmetros são exaustivamente monitorados pela tecnologia CEMS – Sistemas de Controle de Monitoramento Contínuo de Emissões.

Nota.:
1.Capacidade de geração de energia UTE - ENERGIA PECEM
UTE – ENERGIA PECÉM = 3 X [360MW, 19KV x 230KV, 60HZ].
2. Publicação independente Eng° José Vilmar [Profissional treinado e estudioso em geração de energia] a nível de esclarecimento para os amigos do FACEBOOK, observando que trata-se de uma tecnologia complexa, porém, amplamente dominada em países da EUROPA e ASIA.

http://www.inovacaotecnologica.com.br/noticias/noticia.php?artigo=carvao-deve-superar-petroleo-matriz-energetica-global&id=010175130104&ebol=sim


http://www.controltek.com.ar/br/monitoramento-continuo-de-emissoes-cems
Ver mais
(5 fotos)
Postar um comentário