domingo, 29 de junho de 2014

ENERGIA DAS ONDAS


O PATO DE SALTER GERA ELETRICIDADE A PARTIR DO MAR
COMENTÁRIO FEITO PARA UM AMIGO: 28/01/2013

Evandro,
Amigo só hoje 28/01/2013 retorno e faço comentário sobre sua Publicação feita aqui no FACEBOOK em 15/01/2013 de Titulo, “Energia Limpa no Brasil: Usinas de Ondas” e que tem como referência o vídeo a USINA DE ONDA DO PECÉM.

Comento:
Lembra o que foi discutido no recente Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável (CNUDS), conhecida também como Rio+20, entre os dias 13 e 22 de junho de 2012, na cidade brasileira Rio de Janeiro, cujo objetivo era discutir sobre a renovação do compromisso político com o desenvolvimento sustentável.

E não se teve no fim do encontro uma posição firme dos seus participantes frente a interesses diversos das nações ali participando, pois, não conseguiram ainda formar a Equação do futuro sustentável = equalizando questões de dimensões social, econômica e ambiental do desenvolvimento sustentável de um país.

Em especifico gerar energia elétrica sem dúvidas as formas: Energia das Ondas [Maremotriz], Energia Solar e Energia Eólica são as mais limpas e estamos muito bem à natureza nos favorece é a vocação natural de nosso estado do Ceará e dos demais estados nordestino e que sem dúvida se equaliza com a grande equação do futuro sustentável.

Nossas outras fontes que despontam e já em funcionamento para nosso estado são as térmicas a gás, carvão mineral e óleo que pela própria natureza da combustão, geram poluentes é aí que está à questão na visão do leigo de geração de energia basta olhar para fumaça que sai no chaminé que ele entende como energia surja e que consequentemente não se alinharia com a grande equação do futuro sustentável.

Sobre os resíduos da combustão dos combustíveis citados: Gás, carvão mineral e óleo, nossos técnicos do assunto e também cidadãos temos sem dúvida nossa obrigação de preservar a natureza, pois, temos a consciência que natureza é vida e matando a natureza diria que é fácil concluir que seria “pratica de suicídio e coletivo”.
Dito o que foi dito, isso de forma didática cabe também explicar como técnico e estudioso na geração de energia térmica que existe tecnologias de retenção e controle destes poluentes de grande eficácia que garantem que a fumaça que o leigo ver sair ló na chaminé não venha agredir a natureza e assim como atendem as exigências das normas vigentes ambientais.
Mas por vias das duvidas cabe uma alerta aos “colegas da manutenção” e fiscalização ambiental em monitorarem e manterem todas as instalações das termoelétricas funcionando e atendendo seus parâmetros de projeto que é perfeitamente possível à convivência e atendimento da grande equação do futuro sustentável.

Caberia aí uma pergunta também do leigo e porque não se geraria energia só por fontes não poluentes? Referindo-se ao sol, ao ar e as ondas do mar até então ainda não conseguimos gerar grande demandas [MW] nessas fontes e quanto às térmicas só numa única central se consegue gerar demandas [MW] muitos maiores e em site restritos e compactos.
Vale a pena salientar que sem dúvida combustíveis fosseis um dia terão seu fim, o que é natural que cada vez mais se desenvolva a produção de energia em sorvedouros sem fim como o sol, o ar e as ondas do mar, também combustíveis renováveis e pode crer não acredito que o mundo vá acabar. Como estava marcado para o dia 21 de dezembro de 2012 passado.

Nota:
E geração de energia a apartir das ondas do mar tem como referencia um genial engenheiro por nome Stephen Salter, da Universidade de Edinburgo, Escócia, que desenhou um dispositivo para gerar eletricidade da força das ondas ainda nos anos 1970.
O equipamento foi apelidado de "Pato de Edinburgo" porque os cilindros flutuantes de um lado lembravam um bico, enquanto do outro, com a ponta ancorada subiam e desciam enquanto cavalgavam as ondas.
Os assuntos ligados à eletromecânica sempre me fascinaram e deixo abaixo alguns arquivos pode ser que algum colega e até alguns de meus alunos se interesse e assim como outras pessoas que procurem se esclarecer sobre o assunto geração de energia comentado.

No primeiro link verão o funcionamento de uma Usina de Energia Elétrica outros links são interessantes sobre o assunto.


Postar um comentário